Entenda as vantagens: vídeoaula ou mídias interativas?

Quem lida com educação percebe como as formas e meios de ensino se modificam e atualizam constantemente. Novas formas de ensinar se somam aos métodos tradicionais e tecnologias são inseridas para auxiliar professores e alunos na fascinante troca de conhecimento.

Você que desenvolve projeto de EaD sabe como as tecnologias digitais se tornaram aliadas. Sabe também que a atualização constante e o rápido desenvolvimento de ferramentas e aplicativos fazem com que algumas práticas fiquem “atuais”.

Nesse contexto acelerado, o que esteve no auge passa a ser considerado obsoleto quando surge outra novidade. A vídeoaula, por exemplo, passou a ser suplantada pelas mídias interativas, consideradas melhores. Será mesmo?

Diferenciais

A vídeoaula apresenta a vantagem de produção relativamente “pronta”, que pode ser acessada no momento em que o aluno tiver maior disponibilidade de tempo.

Além disso, é possível organizar as vídeo-aulas em um banco que possa ser acessado a qualquer momento, para que o aluno possa revisar conteúdos e tirar eventuais dúvidas ao assistir novamente as aulas.

Já as mídias interativas têm como diferencial a possibilidade de troca contínua e imediata, estabelecendo o vínculo mais próximo entre professores e tutores com os alunos, que podem tirar dúvidas e elaborar questões de maneira similar ao que acontece no ensino presencial.

A interatividade pode garantir maior engajamento do aluno, que passa a ser agente ativo no processo, visto que só há interação com a participação mútua dos envolvidos.

As mídias interativas apresentam ainda a vantagem de poder agregar diversos meios em um só, como texto, áudio, vídeo e infográficos. Além de estabelecer canais de diálogo facilitados, que promovem a participação mais direta dos alunos.

Quem ganha a briga?

Não há disputa entre a vídeoaula e as mídias interativas, são meios diferentes cujas funcionalidades podem ser exploradas de maneira complementar.

O ideal é que você possa avaliar em quais momentos essas duas ferramentas podem ser mais bem exploradas a fim de ampliar as potencialidades de aprendizado.

E não se esqueça: o computador é apenas uma ferramenta auxiliar no processo de ensino e aprendizagem. Seja presencialmente, por vídeoaula ou por meio das mídias interativas, é preciso didática, conhecimento e criatividade para que os conteúdos sejam atrativos para os alunos.

Explore as ferramentas da melhor maneira possível e faça com que suas ações de EaD tenham diferenciais que motivem e transformem a vida das pessoas!

Registros de Preços

Agilize o seu processo de compras. Conheça as nossas

Atas de Registro de Preços para Ensino a Distância.

Obrigado!

Enviamos a ata para o seu e-mail. Qualque dúvida fale conosco.

Registros de Preços

Agilize o seu processo de compras. Conheça as nossas

Atas de Registro de Preços para Ensino a Distância.

Obrigado!

Enviamos a ata para o seu e-mail. Qualque dúvida fale conosco.